SISTEMAS ESTRUTURAIS EM AÇO!

Hoje, falarei de alguns sistemas estruturais em aço, alguns bem conhecidos e outros nem tanto.
Nessa postagem farei uma apresentação bem sucinta deles, em uma próxima oportunidade discorrerei melhor sobre cada um.

Grelha

O sistema estrutural chamado grelha, nada mais é que um conjunto de vigas que se cruzam em dois eixos. Nesses cruzamentos de vigas, é necessária rigidez o suficiente para que possam absorverem os momentos fletores.
Basicamente, são vigas (treliçadas, perfis de alma cheia ou vigas Vierendeel) cruzadas, que suportam as cargas e transferem as mesmas até as vigas de bordo.
Uma característica interessante desse sistema, é o número reduzido de pilares, por se tratar de uma estrutura espacial, ela pode vencer grandes vãos colaborando com os anseios arquitetônicos.

Estação da Vila Prudente – Imagem retirada do Portal Met@lica

Notem na figura acima, que são dois sistemas de grelhas, um para as vigas secundárias, que recebem as cargas da cobertura de vidro, e outro das vigas primárias que recebem as cargas oriundas das vigas secundárias.

Steel Frame

É um sistema construtivo muito interessante e popular em regiões mais temperadas, no Brasil ainda está em expansão, em franca expansão eu diria.
Bem, o sistema estrutural do Light Steel Framing é um emaranhado de perfis, com espaçamento vertical com 40cm ou 60cm (essas medidas são necessárias para atender a modulação dos diversos materiais que complementam o sistema), com travamentos horizontais variados, conferindo a edificação um sistema monolítico, fazendo da edificação uma espécie de gaiola (ou caixote) estruturada.
Para saber mais sobre o sistema clique aqui.

Imagem retirada do site da Pedecon

Treliça Espacial

Muito similar a grelha espacial, apenas com a diferença que não se pode detectar treliças em duas direções, tal qual é notado nas vigas de uma grelha espacial.
Uma treliça espacial é constituída de barras interligadas entre si, que juntas normalmente formam uma estrutura piramidal capaz de vencer grandes vãos.

Complexo do Anhembi – Imagem retirada da revista Alumínio

Estrutura em casca

A definição mais popular de uma estrutura em casca, é de uma membrana que consegue absorver as cargas em todas as direções, transferindo-as para uma base, assim como é popular essa definição, também é popular a visão de que essas estruturas são constituídas somente a partir do concreto armado, embora elas também possam ser executadas em concreto (na maioria das vezes sim) ela pode ser executada em perfis metálicos também. Uma cúpula ou uma abóbada, ou até mesmo um globo, podem ser construídos com perfis metálicos curvados ou não, que quanto mais próximos um dos outros, mais terá um comportamento de uma lâmina, assim como uma grelha tem certa similaridade com uma superfície, uma estrutura em casca a partir de estrutura metálica, se assemelha a uma membrana.

Cúpula geodésica – Imagem retirada do blog Arquitetura e Curiosidades

Tensegrity

O Tensegrity ou tensegridade, também conhecido como integridade tensional, é um sistema estrutural composto por cabos e barras rígidas. 
O sistema trabalha de uma forma em que qual seja a direção da aplicação da força, ele sempre estará tensionado, onde a estabilidade do conjunto só ocorre com a tensão total, onde as barras sofrem compressão e todos os cabos são tracionados, para idealizarmos melhor a mecânica do sistema, imagine uma bexiga, para que ela esteja estável e possa receber um determinado carregamento, ela precisa de pressão interna, de forma similar funciona uma tensegridade.

Tensegrity

O sistema foi creditado ao artista plástico Kenneth Snealson, quando ainda trabalhava com Buckiminster Füller.
A aplicação do sistema é variada, podendo ser utilizado em pontes, torres e coberturas.

Kurilpa Bridge (Brisbane, Austrália) – A maior ponte em tensegridade do mundo

Se você gostou do artigo e acha que essa informação pode dar uma força para algum conhecido, compartilhe em suas redes sociais! Ajude nosso blog a propagar o conhecimento da Boa Engenharia para o maior número de pessoas!

Ah! deixe sua crítica ou sugestão, afinal de contas, esse espaço é nosso!

Até breve!

Jorge Oliveira

About the Author

Jorge Oliveira é redator do Blog da PEDECON e Gerente Comercial, além de ter feito Engenharia Civil, é especializado em Projetos Estruturais. Além de tudo, Jorge destina parte de seu tempo buscando compartilhar ao máximo as boas práticas da Engenharia.

Leave Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Iniciar chat
1
Olá, como posso te ajudar?
Olá, bem vindo a PEDECON!
Como posso te ajudar??
× Como posso te ajudar?