PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE LIGHT STEEL FRAMING

Hoje trarei para vocês um artigo no estilo FAQ, não sabe o que é FAQ?
FAQ é um acrônimo da expressão inglesa Frequently Asked Questions, que nada mais é do que “Perguntas Frequentes”.

Bom, o artigo visa tirar as principais dúvidas de quem não tem muita familiaridade com o sistema construtivo, vale a pena conferir.

  • Qual a diferença entre Alvenaria e Steel Frame?
    A principal diferença entre os sistemas construtivos estão na forma como são concebidos, a alvenaria convencional é majoritariamente executada no local, enquanto que o Steel Frame é praticamente todo industrializado, isso é uma vantagem, pois confere ao sistema maior nível de padronização e maior controle de qualidade, que resulta em uma construção mais qualificada em todos os aspectos.
     
  • O que é o Light Steel Framing (ou somente Steel Frame)?
    Basicamente é um sistema construtivo a partir de um composto de perfis galvanizados, formando uma estrutura monolítica e revestido de membranas protetoras que substituem os blocos da alvenaria convencional. Uma das vantagens de se utilizar esse sistema é a grande redução de carga sobre o solo, conferindo fundações mais leves e mais econômicas.
     
  • Posso utilizar o sistema em qualquer projeto?
    O Steel Frame é um sistema construtivo muito versátil, ele pode ser adaptado nas mais diversas formas de edificações, entretanto, é necessária uma avaliação prévia de uma empresa qualificada, porém, podemos salientar que ele pode ser utilizado em construções residenciais (nos mais diversos níveis sócio-econômicos), comerciais e galpões, mas vale lembrar que, edificações verticais acima de 4 pavimentos, é necessário um estudo bem elaborado e bem planejado para verificar se o custo benefício é factível.
     
  • Custo x Benefício, vale a pena?
    Por ser um sistema todo industrializado, sua produção é mais veloz, somado a velocidade, podemos acrescentar a precisão e nível de detalhamento de projetos, que reduzem praticamente a zero as alterações no local, o que faz que os valores de orçamento sejam muito fieis aos custos de execução, ou seja, obra planejada obra mais barata.
     
  • Meu mestre de obras pode executar o sistema?
    Todos podem executar uma obra em Steel frame, mas devo salientar que é necessário um bom conhecimento técnico, tanto no que tange a leitura e interpretação de projetos, a utilização de maquinários e materiais específicos, outro ponto importante, é que o sistema não permite improvisos, tudo tem que ser fielmente seguido conforme projeto.
     
  • As paredes são resistentes?
    O Steel Frame é projetado para resistir as mais altas cargas de vento, e em território nacional, o sistema atende perfeitamente as normas brasileiras. Por ter paredes feitas a partir de um aramado de perfis metálicos e placas de vedação de alta resistência, as mesmas são tão ou mais resistentes que uma alvenaria convencional, quando expostas a impactos em sua superfície.
     
  • O sistema resiste a ruídos? Vou passar frio?
    Sim e não. As normas brasileiras estabelecem valores mínimos para transferência de ruídos em uma parede de vedação, no caso a NBR15.575 define que uma parede deve reter entre 40 a 44 dB, o Steel Frame chega a isolar de 50 a 55 dB, que se tratando de ruído, chega a ser quase o triplo de retenção do sistema convencional, uma vez que o som é medido em escala logarítmica, então as operações matemáticas para esse caso não seguem o formato de senso comum.
    O conforto térmico também é um destaque do sistema, pois é utilizado materiais específicos entre as placas de vedação, onde esses fazem o serviço de isolamento termo-acústico (para saber mais, adquira nosso E-book Construindo em Light Steel Framing).
     
  • Posso usar qualquer acabamento?
    O sistema é versátil e totalmente adaptável, pode ser utilizado todos os acabamentos que são utilizados em alvenaria convencional.
     
  • Steel Frame é o mesmo que Drywall?
    Não, eles são bem parecidos, a concepção é similar, mas não são as mesmas coisas, basicamente, o steel frame é um conjunto estrutural e de vedação, já o drywall é apenas um conjunto de vedação, ou seja, uma edificação em Steel Frame não necessita de vigas e pilares, pois o próprio sistema faz essa função, diferente de uma parede de drywall que serve apenas para dividir ambientes, mas nunca deve ser utilizada como estrutura.
     
  • Há riscos de descargas elétricas?
    Toda estrutura executada nesse sistema é revestida, ela não deve ficar exposta ao tempo, esse é um primeiro ponto a ser lembrado, porém, o sistema tem uma proteção natural ocorrida por um fenômeno denominado Gaiola de Faraday, em física e no campo da Engenharia Elétrica esse assunto é mais bem explicado, mas basicamente é um fenômeno que faz com que um sistema com superfície condutora eletrificada tenha um campo elétrico nulo em seu interior, isso ocorre porque as cargas se distribuem de forma homogênea nas partes mais externas da superfície condutora.
    Qualquer estrutura metálica que esteja toda interligada, funcionará similarmente a uma gaiola de Faraday, o mesmo ocorre com o Steel Frame, pois há interligações em todo o sistema através de diversos parafusos. Concluindo, o sistema se apresenta até mais seguro que construções convencionais neste aspecto.

Se você gostou do artigo e acha que essa informação pode dar uma força para algum conhecido, compartilhe em suas redes sociais! Ajude nosso blog a propagar o conhecimento da Boa Engenharia para o maior número de pessoas!

Ah! deixe sua crítica ou sugestão, afinal de contas, esse espaço é nosso!

Até breve!

Jorge Oliveira

About the Author

Jorge Oliveira é redator do Blog da PEDECON e Gerente Comercial, além de ter feito Engenharia Civil, é especializado em Projetos Estruturais. Além de tudo, Jorge destina parte de seu tempo buscando compartilhar ao máximo as boas práticas da Engenharia.

Leave Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *